Animais

Como tratar um gato com sangramento

Uma parte importante dos cuidados com gatos é saber como cuidar de um gato sangrando. O principal objetivo de prestar primeiros socorros a um gato com sangramento é prevenir a perda excessiva de sangue que pode causar choque. A pressão aplicada à ferida permite que o mecanismo normal de coagulação do sangue interrompa o vazamento. Este é um processo complexo, mas basicamente as células sanguíneas formam uma tela fina sobre a ferida e, assim, evitam novas perdas de sangue. Por isso é importante não retirar o curativo depois de aplicado.Se o seu gato sofreu hemorragia interna, ele pode entrar em choque e você pode não conseguir perceber apenas olhando para o gato. Alguns dos sinais de choque a serem observados incluem gengivas pálidas ou brancas ou batimentos cardíacos e respiração acelerados. Se alguma ferida estiver jorrando sangue, significa que uma artéria foi cortada. Isso requer atenção profissional imediata.

A maneira como você cuida do seu gato dependerá da localização e da extensão do sangramento. As dicas a seguir sobre cuidados com gatos o ajudarão a aplicar os primeiros socorros em várias áreas do corpo.

Conteúdo

  1. Cabeça ou torso sangrando de gato
  2. Método A
  3. Perna, pata ou cauda sangrando de gato
  4. Método B
  5. Orelha sangrando de gato
  6. Método C
  7. Unha sangrando de gato
  8. Método D
  9. Nariz sangrando de gato
  10. Método E

Cabeça ou torso sangrando de gato

Método A

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Cabeça ou torso sangrando de gato

Passo 2: Cubra a ferida com uma toalha limpa dobrada, gaze estéril, pano grosso ou absorvente higiênico.

Etapa 3: enrole trapos rasgados ou outro material macio ao redor do curativo e amarre ou prenda com fita adesiva com força suficiente para mantê-lo no lugar.

Passo 4: Transporte o gato imediatamente ao veterinário.

Perna, pata ou cauda sangrando de gato

Método B

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Passo 2: Prenda o cabelo ao redor da área lesionada.

Etapa 3: examine a ferida em busca de vidro ou outros objetos estranhos. Se estiver visível, remova o vidro ou objeto com os dedos ou uma pinça. Se o tecido sob a ferida parecer passar quando você move a pele, a ferida provavelmente precisará de pontos.

Passo 4: Lave bem a ferida com água limpa. Evite antissépticos caseiros, que o gato lamberá e que poderão causar dor quando aplicados.

Passo 5: Cubra a ferida com um pano limpo, curativo esterilizado ou absorvente higiênico.

Passo 6: Coloque a mão sobre o curativo e pressione com firmeza.

Passo 7: Mantenha a pressão no curativo para estancar o sangramento. Se o sangue penetrar no curativo, não remova. Aplique mais curativo e continue a aplicar pressão até que o sangramento pare. Se o sangramento não parar em cinco minutos, continue pressionando a ferida enquanto transporta o gato ferido ao veterinário.

Passo 8: Enrole trapos rasgados ou outro material macio ao redor do curativo e amarre ou prenda com força suficiente para mantê-lo no lugar. Comece abaixo da ferida e enrole para cima.

Etapa 9: Se a ferida for profunda o suficiente para exigir pontos, mantenha o gato longe da perna machucada e leve-o imediatamente ao veterinário.

Orelha sangrando de gato

Método C

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Orelha sangrando de gato

Passo 2: Cubra a ferida com um pano limpo, curativo esterilizado ou absorvente higiênico. Orelhas cortadas podem sangrar muito. Coloque o curativo em ambos os lados da aba da orelha e segure firmemente para controlar o sangramento. As orelhas dos gatos geralmente param de sangrar cinco minutos após a aplicação da pressão.

Unha sangrando de gato

Método D

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Passo 2: Não tente cortar ou remover a unha quebrada.

Etapa 3: Desembainhe a garra do gato.

Passo 3a: Coloque o polegar no topo da pata, próximo à unha, e o dedo indicador na almofada grande na parte inferior da pata.

Etapa 3b: pressione o polegar e o indicador juntos. Isto irá expor a unha para exame.

Passo 4: Com a unha exposta, segure um pano limpo, curativo esterilizado ou absorvente higiênico contra a unha. O sangramento irá parar em alguns minutos.

Passo 5: Se o gato parecer estar com muita dor ou se o sangramento não parar em alguns minutos, leve-o ao veterinário o mais rápido possível. O sangramento contínuo indica um distúrbio hemorrágico que deve ser tratado imediatamente.

Nariz sangrando de gato

Método E

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Nariz sangrando de gato

Método E

Passo 1: Aproxime-se do gato; se o gato estiver ansioso ou assustado, contenha-o, se necessário.

Passo 2: Aplique uma bolsa de gelo na parte superior do nariz do gato, entre os olhos e as narinas.

Passo 3: Cubra a narina sangrando com um pano limpo, curativo esterilizado ou absorvente higiênico.

Passo 4: Segure o pano ou curativo firmemente sobre o gato até que o sangramento pare.

Etapa 5: Se a narina não for cortada, o nariz sangrando em um gato pode indicar um distúrbio grave. Transporte o gato ao veterinário o mais rápido possível.